quinta-feira, 30 de abril de 2009

Dia do Trabalho em tempos modernos

Olá, pessoal! Que beleza, feriado do dia do trabalho. Justamente o dia em que todos deveríamos trabalhar é um belo feriado! O dia do trabalho pode nos trazer várias reflexões, e nós gostaríamos de convidar você pra refletir também.
Em primeiro lugar, basta tentar responder as perguntas: Qual a importância do trabalho em sua vida? Você trabalha para viver ou vive para trabalhar?

Quem é que não se lembra do famoso personagem de Charles Chaplin no filme “Tempos Modernos”, que de tão atordoado com o trabalho acaba apertando até os botões da camisa, de tanto apertar parafusos e vai parar no hospital? Pois é... e a vida imita arte, não é mesmo? Ou a arte imita a vida? Quantas pessoas não se encaixam neste perfil? Bom, se você é uma dessas pessoas, vale pensar no seguinte:
Imagine um dia frio e chuvoso, daqueles que o bom mesmo é ficar na cama, tomando chocolate quente com pipoca.... O que o motivaria a deixar sua cama quentinha para trabalhar em um dia como esse? Pense bem nessas alternativas:

1 - Trabalho pela minha sobrevivência
2 - Trabalho porque não tenho nada melhor para fazer em casa
3 – Trabalho para fazer parte da comunidade, ter amigos
4 – Trabalho porque adoro um desafio, é estimulante
5 – Trabalho para ser poderoso, ter influência sobre as outras pessoas, ser rico
6 – Trabalho para deixar uma marca no mundo
7 – Trabalho pelo prazer, satisfação pessoal, intelectual

Caso na sua resposta o único ponto relevante seja o dinheiro, saiba que você está na contramão da busca pela qualidade de vida e valorização profissional.

Lembre-se: você não é uma pessoa no trabalho, outra em casa com a família, outra na escola. Como um relógio que funciona com perfeição, é preciso que todas essas situações tenham valores positivos na sua vida e que sejam administradas de forma que a qualidade do tempo e a atenção que você dedica a uma, não prejudique a outra. Pense nisso.
Bom feriado e até a próxima!

quarta-feira, 29 de abril de 2009

7º Encontro Amigos da Boa Nova

Um dos momentos mais esperado do evento foi a participação de Manoel Bolonha. Impossível não se emocionar com os aplausos unânimes de todos os presentes.
Para surpresa de todos, pela primeira vez Geraldo Roberto deu uma “canja” de sua melhor performance: a dança!
A ouvinte Alda Perdigão cantou para todos, Fátima e as telefonistas cantaram e também recitaram uma poesia, a ouvinte Nilze também recitou uma poesia, a comunicadora Ercília Zilli fazendo cover da cantora “Vanderléia” foi a atração. Mas quem surpreendeu mesmo foram os apresentadores do programa “Rádio Revista André Luiz”, que deram um “show” da Jovem Guarda, inclusive a parte do figurino.

Antes do minisseminário de Divaldo Franco tivemos a presença do grupo “Vozes Eternas”, “Paula Zamp” e “Allan Vilches”.
O evento foi encerrado com o tão esperado minisseminário de Divaldo Franco que com seus conhecimentos, enfatizou o tema família. Citando sobre os medos que a sociedade precisa enfrentar nos dias de hoje, como o medo de perder o emprego, da doença, da morte. Divaldo falou ainda das mães que sofrem com o fato de terem filhos viciados em drogas e os obstáculos a serem enfrentados diante de tamanha dificuldade. E a facilidade que os pais tem de acreditar nas mentiras dos filhos, e a dos filhos de não acreditarem na verdade dos pais. “Existem pais que são fornecedores somente de coisas. E simplesmente dizem: “Eu não deixo faltar nada.” Mas é preciso mais que isso, ensinou Divaldo.

Divaldo encerrou seu minisseminário em forma de prece agradecendo a Deus por tudo de bom que nos é oferecido diariamente.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Mais sobre o 7º Encontro Amigos da Boa Nova!

Bom, vamos continuar contando sobre o evento. Logo após Dr. Adão Nonato ter feito a palestra, quem subiu ao palco foi Sebastião Camargo fez uma breve exposição sobre a saúde, a partir de uma releitura do princípio inteligente contida na codificação e obras auxiliares.
Música é sempre bom, por isso, este item não faltou: Allan Vilches e Moacir Camargo foram os primeiros a encantar com suas vozes e melodia. O cantor contra tenor Dannilu não só surpreendeu a todos como também fez todo mundo dançar em um ritmo de alegria e emoção.
Durante o intervalo, os jovens do programa “Juventude Maior” e o Adriano Marques do programa “Raio de Luz”, agitaram e distraíram com música e coreografias o pessoal que ficou no local durante o almoço. Até a ouvinte da rádio Vilma Stein da Cruz subiu no palco e cantou a música “Valsas da Saudade”, de Francisco Petrônio.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

7º Encontro Amigos da Boa Nova

Um dia de alegria, emoção, luz, sorrisos, olhares, abraços, lágrimas, amizade, energia, enfim... são esses pequenos e valiosos detalhes que sempre fazem dos Encontros Amigos da Boa Nova um grande dia, com grandes e inesquecíveis momentos e poder compartilhar de todos esses detalhes é um privilégio. Na verdade, uma dádiva! E só vai concordar conosco quem esteve lá pra conferir. É muito mais que um simples "encontro", ou um simples "evento". É uma manifestação de carinho, amizade e de gratidão. É uma troca de energia e pensamentos positivos que não tem tamanho. É algo que se sente e não se vê, aliás, concordando com Saint Exupéry, "O essencial é invisível aos olhos".
A primeira ouvinte chegou às 05h05 da manhã, conforme constatou o nosso "repórter de rua" José Damião. A expressão de expectativa das pessoas entrando ao local do evento era fantástica. As caravanas chegavam com alegria, com balões, apitos, cartazes e cores...
Quando tudo estava pronto pra começar, Jether Jacomini fez a prece inicial e deu início ao Encontro. Luíz Saegusa conduziu a mesma alegria de sempre o evento. Quem subiu ao palco primeiro foi o nosso querido "Adão Nonato" que foi aplaudido de pé. Pra variar, ele, muito emocionado, começou a sua palestra que abordou o tema "Jesus". Um assunto um tanto quanto oportuno, já que sabemos que Ele foi uma das poucas pessoas que souberam expressar o amor de verdade!
Acompanhe mais sobre o evento nas próximas postagens. Até lá!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Bastidores e preparação para o 7º Encontro Amigos da Boa Nova

Olá, gente! Conforme prometido, vamos postar algumas fotos dos preparativos para o evento do dia 26/04. É claro que existem muuuitas pessoas envolvidas que nem caberiam nesta página, mas como dissemos: é uma pequena amostragem da expectativa. São CD´s, caixas, camisetas, gente andando pra lá, gente chegando pra cá... Bom, confiram as fotos, porque imagens, às vezes, valem mais do que mil palavras! Até domingo!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Está chegando o 7º Encontro Amigos da Boa Nova!


Pois é, mais um Encontro Amigos da Boa Nova está chegando. Nos corredores da Rádio Boa Nova a ansiedade é geral! Domingo agora, dia 26 de abril, vamos nos conhecer, reencontrar, fazer novos e eternos amigos...

Para não perder o costume, vamos recapitular as informações, ok?

O evento será dia 26 de abril e vai acontecer na cidade de Guarulhos, no Espaço Prysma eventos que fica na rua João Cavallari, Km 225 da Via Dutra, sentido Rio de Janeiro do lado oposto do Internacional Shopping.O início será 09 horas da manhã e tem previsão para acabar as 18 horas.

Atrações: Adão Nonato, falando sobre Jesus e Divaldo Franco, fazendo um minisseminário.
Atrações Musicais: Vozes Eternas, Paula Zamp, Moacir Camargo, Allan Vilches e Dannilu.
Manoel Bolonha e o "Show de Calouros", com os comunicadores. Praticamente, imperdível!
Para adquirir o seu convite 11 2456-7109 ou acesse o site http://www.radioboanova.com.br/.

Postos de Vendas:

Rádio Boa Nova
Av. André Luiz, 723 – Picanço - Guarulhos, SP
F.: 11 2457-7000

Rádio Boa Nova Sorocaba
Rua Santa Clara, 133 – Centro – Sorocaba
Fone.: 15 3232-6205

Núcleo A. Espírita Paz e Amor
Rua Izidro Tinoco, 53 - Tatuapé
Trav. Silvio Romero

Instituto Evoluir
Rua Fernandez Pinheiro, 295
Tatuapé/ SP
Fone.: 11 2942-0149

Arautos
Rua Fernandez Pinheiro, 295
Tatuapé/ SP
Fone: 11 2294-0485

Centro Espírita Francisco de Assis
Rua Miguel Lillo, 131 – Vila Cisper/ SP
Fone: 11 2541-2094

Livrarias Mundo Maior
Santana – Duarte de Azevedo, 691 – Santana/ SP – F.: 11 2973-6579
Vila Galvão – Vicente Melro, 878 – V.Galvão/Guarulhos - F.: 11 2452-5976

Creche Amélia Rodrigues
Rua Silveiras, 17
Vila Guiomar - Santo André/ SP
Fone.: 3186-9788/ 3186-9766

Federação Espírita de São Paulo - FEESP
Rua Maria Paula, 140 - Bela Vista
Fone: 11 3115-5544

Mercatudos:
Vila Galvão (Bazar 12)
Rua 13 de Maio, 314
Vila Galvão
Fone: 11 2455-2474

Vila Galvão
Rua São Gabriel, 428 – Vila Galvão
Fone: 0800-773 40 66/ 11 2459-7000

Itaim Paulista
Av. Marechal Tito, 5946
Fone: 11 2561-2619

Santo Amaro
Estrada de Itapecirica, 8635 - Valo Velho
Fone: 11 5821-7484

São Miguel Paulista
Rua Mohamed Ibrahim Saleh, 602
São Miguel Paulista
Fone: 11 2052-4950
Osasco
Av. Presidente Médice, 1365
Jardim Mutinga
Fone: 11 3601-3621

Sorocaba
Rua Atanázio Soares, 639
Vila Fiore
Fone: 15 3212-4649

Shopping Internacional de Guarulhos
Piso Térreo – Quiosque da Use Guarulhos



segunda-feira, 20 de abril de 2009

Times do coração!

Olá, pessoal! Imaginem só a cena vista por quem chegava hoje pela manhã, dia 20/04, na Rádio Boa Nova. Vamos descrever pra ficar mais legal: um sujeito andando pelos corredores com um símbolo do Corinthians pendurado no pescoço, digamos, um pouco exagerado. É de se estranhar, não é? Pois, é... Este sujeito era ninguém mais, ninguém menos que Sr. Osmar Marsili, diretor superintendente da Rádio Boa Nova. Como já escrevemos aqui uma vez, ele é uma das pessoas que fundaram as Casas André Luíz, sendo que de seus 80 anos de vida, 57 são dedicados ao trabalho de Divulgação da Doutrina Espírita. Este trabalho é do coração!Como vocês podem perceber, ele também tem outra paixão que é o Corinthians e pelo visto o carrega também em seu coração. Ou melhor, carrega no peito!
Deixamos aqui um grande abraço pro Sr. Osmar, que sempre que tem a oportunidade vem com suas graças e piadas, tornando o nosso dia bem mais agradável!


sexta-feira, 17 de abril de 2009

Como chegar ao Encontro Amigos da Boa Nova de ônibus

Olá, Amigos!
A querida ouvinte Márcia Mendes Ceneviva, pensando em todos os Amigos da Boa Nova, indicou para nós, formas de chegar ao evento, o 7º Encontro Amigos da Boa Nova, de ônibus. Veja a pesquisa que o seu marido (da Márcia) fez para gente. O nome dele é José! Nós agradecemos o José pela gentileza! Vamos lá:
1) Onibus:Jardim Adriana (443-EMTU), saindo da Estação Penha do Metrô,para bem próximo ao local do evento.

2) Onibus saindo da Estação do Metrô, Carrão (93- EMTU- Santos Dumomt), para proximo, mais ou menos 200metros do local do evento.

3) Onibus saindo proximo à Estação do metrô Paraiso (427-EMTU), passa nas ruas Alvaro Guimarães e Ramon Penharruba, proximas à estaçao. Qualquer dúvida é só se informar com um funcionário do metrô.

4) Onibus saindo da Estação Armênia do Metrô (Jardim Leblon-227-EMTU).Passa proximo ao local, uns 200 metros, mais ou menos.O onibus que passa mais próximo é o 1(Jd. Adriana), O onibus 3, passa nas imediações da estação Paraíso do metrô.

A Botica da Vovó!

Antes de começar, vamos para a pergunta: você sabe o que é botica? Bom, se não sabe, propositalmente é melhor não saber. Quer dizer, não assim de “mão beijada”. Mas podemos apostar que quase todos sabem.
Lembram de antigamente, quando a vovó tinha praticamente uma botica? Pois é, tudo que era remedio estava lá! Prisão de ventre? Vai na botica da vovó. Unha encravada? Vai na botica da vovó. Dor de cabeça? Botica da vovó! Naqueles tempos reinava absoluta a “Maravilha Curativa do Dr. Humphreys”, à base de Hamamelis Virginica, que de unha encravada a câncer, passando por ralados e dores de cabeça, era o santo remédio. Não podiam faltar as pastilhas de leite de magnésia - Milma, e a Malvona. Obrigatório, para as crianças crescerem fortes e saudáveis, era a nauseante Emulsão de Scott, óleo de fígado de bacalhau com o pescador encurvado no rótulo (veja imagem ao lado.). O pote de Vick Vaporub, cheirando a cânfora, o Chophytol, à base de alcachofra, para distúrbios digestivos, o Optalidon, comprimidos cor de rosa, para dores de cabeça. E um aparelho de três partes, com um abaixador de língua vazado, um recipiente para líquido (tipo iodo) e uma pera semelhante a dos aparelhos de pressão, para “pinceladas” nas gargantas inflamadas. O sempre presente “Cristal Japonês”, um creme frio, em bastão, para dores de cabeça. Cibalena, AAS infantil, Melhoral e o hoje proibido Elixir Paregórico. Lavolho para qualquer problema ocular e Atroveran para dores de barriga.
Mercúrio-cromo, ainda com uma haste de vidro presa sob a tampa, para espalhá-lo na ferida. Pomadas diversas, entre elas Nupercainal e Furacin. Algodão, gaze, termômetro. Pílulas de Vida do Dr. Ross, um “must” da época, e Galenogal, nunca vi. “Dura lex, sed lex, no cabelo só Gumex” , que vinha num pote de vidro, na forma de um creme avermelhado, ou então Brylcreem ou Fixador Bourbon. Para dor de ouvido, gotinhas de Aurissedina.
Faltou algum?

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Amilcar Del Chiaro Filho

Hoje, dia 16 de abril, Amilcar Del Chiaro completaria 74 anos de idade.

De um olhar doce e um sorriso amigo: assim era nosso querido Amilcar Del Chiaro Filho. E foi assim que o víamos, sempre que adentrava os estúdios da Rádio Boa Nova para gravar os seus programas. Foi em 1977 que estreou na Rádio Boa Nova com o programa Sol nas Almas, da USE Guarulhos, que está até hoje no ar. Produziu e apresentou juntamente com Roberto Rios o programa: Gente Como a Gente, e fez parte das equipes de Diálogos Espíritas - Ação 2000 e Conversa Amiga com você. Escreveu Radionovelas e produziu os textos dos programas Quem Pergunta Quer Saber e Campanha Boa Nova Pela Paz.

Amilcar, com muita dedicação foi expositor espírita bastante requisitado e articulista de vários jornais e revistas espíritas. Amílcar teve, também, grande destaque como intelectual.

Publicou 09 obras que alcançaram grande repercussão e valiosa contribuição à cultura. Seus livros são considerados preciosos para o conhecimento espírita. Amigo e sempre muito presente, era também solicitado para ocupar as tribunas dos Centros Espíritas, bem como de solenidades e confraternizações diversas, o que sempre fez com elevado sentimento de zeloso prestador de serviços da causa doutrinária.Um exemplo, um modelo como estudioso do espiritismo. Contava em roda de amigos que leu e releu nada menos de 07 vezes a Revista Espírita de Allan Kardec, composta de 12 volumes encadernados, tendo cada volume aproximadamente 300 páginas.

Amílcar conheceu o Espiritismo em 1954 freqüentando o Centro Espírita Nova Era, sediado no Belenzinho – São Paulo. Em 1958 passou a freqüentar a Sociedade Espírita Discípulos do Evangelho, no antigo Sanatório Padre Bento, em Guarulhos. Participou da formação e fundação do Centro Espírita Estudo e Meditação e Centro Espírita Jesus é o caminho também em Guarulhos. Posteriormente fundou, com alguns companheiros, o Grupo de Estudos e Pesquisas Espíritas Herculano Pires, também em Guarulhos, onde militou até seu desencarne. Em 1976 participou da instalação da União Municipal Espírita de Guarulhos, órgão da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo e foi presidente em várias gestões. Hoje se denomina USE Intermunicipal de Guarulhos.

Amílcar nasceu em 16 de abril de 1935, em Catalão - GO, mas foi registrado em Jardinópolis - SP. Filho de Amílcar Del Chiaro e Maria Pimentel Barbosa Del Chiaro, foi o mais novo de seis irmãos.Casou-se com Leonil Maria Bucheroni em 1958 e adotaram dois meninos: Carlos, em 1959 e Marcos Allan, em 1965, sendo que este desencarnou em 1996 e sua esposa, em 1999. Amílcar conheceu o Espiritismo em 1954 freqüentando o Centro Espírita Nova Era, sediado no Belenzinho – São Paulo. Em 1958 passou a freqüentar a Sociedade Espírita Discípulos do Evangelho, no antigo Sanatório Padre Bento, em Guarulhos.

Sempre falava da sua vocação pelo estudo da doutrina espírita.

Amílcar Del Chiaro Filho desencarnou na manhã de 30 de Novembro de 2006.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Convidada Especial!

Ontem, dia 14 de abril, tivemos a presença de mais uma convidada ilustre no programa Clube Amigos da Boa Nova. Quem estava na sintonia acompanhou a participação da assistida das Casas André Luiz, Roseli de Fátima Alves. Roseli tem 48 anos e mora nas Casas desde 1973. A nossa querida amiga fala apenas através de sorrisos, olhares e expressões... Mas como dizem por aí, existem imagens que valem muito mais do que mil palavras, e foi assim que ela se comunicou conosco durante o programa.

Saiba um pouco mais sobre ela:
Que tipo de música mais gosta?
Música sertaneja

Gostaria de fazer algum pedido de música?
Vitor e Léo

O que as Casas André Luiz representam para você?
As Casas André Luiz foram um presente que eu ganhei.

Um desejo?
Passear e viajar.

Quais atividades mais gosta de fazer?
Ir ao salão de beleza (que chato, hein?) e as festas de aniversário.

Quem acompanhou a nossa amiga foi a psicóloga Neiva.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

“Mappin, venha correndo, Mappin, chegou a hora Mappin, é a liquidação!”

Hoje, dia 13 de abril, o Clube Amigos da Boa Nova, aguçou a nostalgia de todos ao tocar o jingle. Quem é que não se enche de saudade quando lembra das lojas Mappin que era uma referência, um verdadeiro ponto de encontro onde novos casais se conheciam bem em frente do Teatro Municipal ... Ah, eram dias de glória!

Senhoras enluvadas frequentaram seu famoso restaurante, mocinhas elegantes frequentavam seu famoso salão de chá. Marcava-se encontro em frente ao Mappin, admiravam-se as vitrinas do Mappin. O relógio do Mappin era referência na cidade. Mas tudo foi ficando para trás. Aos 86 anos o Mappin morreu. Nas mãos do mesmo homem em que morreu sua concorrente Mesbla.

O Mappin completa este ano 10 anos de falência. O seu fechamento deixou todo mundo perplexo na época, as pessoas comentavam sobre o fato.

De acordo com artigo de Abramo Nicola Battilana, o Mappin nasceu com o nome Mappin Stores, em 1913, pelas mãos astuciosas dos irmãos ingleses Walter John Mappin e Herbert Joseph Mappin. Na época, contava com 11 departamentos, 40 funcionários e estava localizado na rua XV de Novembro. Seis anos mais tarde, a loja passou a ocupar um prédio na Praça do Patriarca, já contando com 34 departamentos e mais de 200 empregados.

Em 1939 - olhe só, a época em muitos curtiam a juventude- o Mappin se mudou para o que se tornaria a sua loja mais famosa: o prédio João Brícola, próximo ao conhecidíssimo Viaduto do Chá e em frente ao Teatro Municipal de São Paulo. Essa loja era enorme! Em um andar havia só brinquedos, em outro, somente roupas, e assim por diante.

No início, o Mappin foi um lugar bastante requintado, vendia apenas produtos importados e oferecia serviços como salão de chá e barbearia à população mais nobre de São Paulo. Esse cenário mudou quando o empresário do café Alberto Alves Filho assumiu a operação da empresa, no início da década de 1950, devido às dificuldades que os antigos controladores tinham em se adaptar à nova realidade econômica do estado. Foi essa mudança que fez com que o Mappin passasse a comercializar produtos nacionais e atrair uma clientela com menos recursos financeiros.

Alberto Alves Filho permaneceu no comando do Mappin até a sua morte, em 1982. Durante esse tempo, fez o Mappin ser inovador em muitos aspectos: aumentou o número de lojas, implementou o sistema de pagamento por crediário (isso em 1953), montou uma financiadora e, em 1972, criou o sistema de crédito automático. Ainda cuidou da modernização de suas lojas, fazendo estudos para a implementação de sistemas de automação.

Tanto trabalho fez do Mappin uma empresa admirada. Uma pesquisa feita pelo Gallup, em 1984, mostrou que 97% da população paulistana conhecia o Mappin, sendo que 64% dos entrevistados já havia feito compras na loja. Neste mesmo ano, a revista Exame concedeu ao Mappin o título de “Melhor empresa no varejo dos últimos 10 anos”. Era uma companhia fantástica até mesmo para os funcionários, basta perguntar aos ex-colaboradores da empresa para comprovar isso!

Mesmo com o falecimento de Alberto Alves Filho, o Mappin seguiu crescendo. Abriu várias unidades, inclusive em shoppings, e continuou com a sua política de oferecer os mais variados produtos. No entanto, em 1995, uma notícia fez os alicerces do Mappin se abalarem de tal forma que nunca mais houve recuperação: a empresa anunciou o maior prejuízo de sua história, no valor de 19,46 milhões de reais.

Em 1996, o grupo Casa Anglo, que controlava o Mappin, vendeu a Financiadora Mappin para o BBA Credistaltant por 50 milhões de reais. No mesmo ano, foi a vez do Mappin em si ser vendido pela bagatela de 25 milhões de reais. O comprador foi uma empresa de nome United Indústria e Comércio, pertencente a Ricardo Mansur. Ainda em 1996, o empresário fechou a compra do banco Antônio de Queiroz, que mais tarde passou a se chamar Crefisul. As compras não pararam por aí: em 1997, foi a vez da também tradicional cadeia de lojas Mesbla ser adquirida.

Neste ponto, começa uma trama complexa, confusa e vergonhosa, tendo Mansur como principal vilão (para não dizer o único). A compra do Mappin não se mostrou errada, afinal, a empresa não estava bem das pernas, mas também não estava morta. No entanto, a ambição de Ricardo Mansur foi longe demais com a compra da Mesbla. Essa sim estava quebrada, e Mansur acabou investindo nela recursos do Mappin e do banco Crefisul, já que o seu “padrinho” Lázaro Brandão, ex-presidente do banco Bradesco e principal apoiador financeiro da aquisição do Mappin, não foi favorável à nova compra. Nada mais natural, afinal, Mansur fez jogadas financeiras arriscadas e estranhas nesse período e perdeu toda a pouca confiabilidade que tinha. Como resultado, o Banco Central acabou com a Crefisul, os fornecedores deixaram de receber os pagamentos devidos pela Mesbla e pelo Mappin, e, conseqüentemente, dezenas de processos de falência foram abertos contra ambas as empresas.

Nem a contratação de José Paulo Amaral, executivo contratado para salvar ambas as empresas, foi capaz de impedir o inevitável: em 1999, a Justiça mandou o Mappin fechar as suas portas, assim como a Mesbla, colocando centenas de dedicados funcionários no olho da rua e fazendo com que São Paulo perdesse duas de suas mais tradicionais lojas de varejo.
A perda certamente se estende a todo o Brasil: se o Mappin ainda estivesse de pé, provavelmente estaria hoje presente em vários estados e, talvez, teríamos um rumo diferente para o comércio eletrônico no país. Pouca gente sabe, mas o Mappin chegou a comercializar produtos pela internet. De acordo com uma matéria de 16/09/1997 da Folha de São Paulo, o Mappin criou um site de vendas em 1996, mas fechou uma parceria com o UOL no ano seguinte para ampliar a oferta de produtos. Foi, portanto, uma das pioneiras do comércio eletrônico brasileiro e poderia ter tido um nome tão forte quanto o Submarino e a Americanas.com.

Aos paulistanos sobraram nomes como Casas Bahia, Americanas, Pernambucanas, Ponto Frio, Renner, C&A e, claro, os shoppings, mas nada lembra de perto os bons tempos do Mappin. Quem passa em frente ao prédio que o Mappin ocupou na Praça Ramos de Azevedo, não vai precisar ver uma mulher com uma sacola com os dizeres “Mappin” para se lembrar dos belos enfeites de natal, das vitrines chamativas, da variedade de produtos, das liquidações (que eram realmente liquidações).

Informações extraídas do texto de Emerson Alecrim.


PONTOS DE VENDA - CONVITE AMIGOS DA BOA NOVA

Confira os pontos de venda de convites e camisetas:

Rádio Boa Nova
Av. André Luiz, 723 – Picanço - Guarulhos, SP
F.: 11 2457-7000

Rádio Boa Nova Sorocaba
Rua Santa Clara, 133 – Centro – Sorocaba
Fone.: 15 3232-6205

Instituto Evoluir
Rua Fernandez Pinheiro, 295
Tatuapé/ SP
Fone.: 11 2942-0149

Arautos
Rua Fernandez Pinheiro
Tatuapé/ SP
Fone: 11 2294-0485

Centro Espírita Francisco de Assis
Rua Miguel Lillo, 131 – Vila Cisper/ SP
Fone: 11 2541-2094

Livrarias Mundo Maior
Santana – Duarte de Azevedo, 691 – Santana/ SP – F.: 11 2973-6579
Vila Galvão – Vicente Melro, 878 – V.Galvão/Guarulhos - F.: 11 2452-5976

Creche Amélia Rodrigues
Rua Silveiras, 17
Vila Guiomar - Santo André/ SP
Fone.: 3186-9788/ 3186-9766

Federação Espírita de São Paulo - FEESP
Rua Maria Paula, 140 - Bela Vista
Fone: 11 3115-5544

Mercatudos:
Vila Galvão (Bazar 12)
Rua 13 de Maio, 314
Vila Galvão
Fone: 11 2455-2474

Vila Galvão
Rua São Gabriel, 428 – Vila Galvão
Fone: 0800-773 40 66/ 11 2459-7000

Itaim Paulista
Av. Marechal Tito, 5946
Fone: 11 2561-2619

Santo Amaro
Estrada de Itapecirica, 8635 - Valo Velho
Fone: 11 5821-7484

São Miguel Paulista
Rua Mohamed Ibrahim Saleh, 602
São Miguel Paulista
Fone: 11 2052-4950

Osasco
Av. Presidente Médice, 1365
Jardim Mutinga
Fone: 11 3601-3621

Sorocaba
Rua Atanázio Soares, 639
Vila Fiore
Fone: 15 3212-4649

Camisetas para o 7º Encontro Amigos da Boa Nova!

Conheça as caravanas existentes para o 7º Encontro Amigos da Boa Nova:

CARAVANA DE SANTO AMARO
Passsrá em Interlagos, Campo Belo, em toda região de Zona Sul.
Falar com Cida, Fone: 5611-3445

CARAVANA DA ALEGRIA
Saída: Poá e Redondezas
Falar com Zoraide
Fone.: 4636-7693

CARAVANA DE OSASCO
Saída: OSASCO
Fone: 11 3904-1184
Falar com Cleide

CARAVANA DA ROSELI
Saída: Parada de Taipas, passará na Vila Cachoeirinha e pra finalizar em Santana.
Fone.: 4448-4440 ou 9451-8508
Falar com Roseli

CARAVANA DA LOURDES
Saída às 07H30 : Vila Progresso/ Itaquerapassando pela Nordestina e Praça do Forró em São Miguel
Telefone para contato: 11 2053-6624

CARAVANA CHICO XAVIER
Saída de Sorocaba
Com Sônia: 2104-9704/ 9711-6506

CARAVANA FRATERNIDADE ESPÍRITA À CAMINHO DA LUZ
Vila Talarico/ SP
Com Sr. Pedro: 11 2741-1727

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Vai fazer o quê no feriado?

Aproveite o desconto que sócios do Clube Amigos da Boa Nova tem ao adquirir os ingressos das seguintes peças:

Espetáculo A Força da Bondade
Domingos, às 18 horas, com Operários do Palco Local: Teatro Juca Chaves - rua João Cachoeira, 899 - 2º piso do Extra Itaim Fone: : 11 5641-4491/ 9694-3684/ 3073-0044 Preço Especial para grupos e para sócios do Clube Amigos da Boa Nova.www.operariosdopalco.com.br

Espetáculo O Amor Jamais te Esquece
Sábado, às 18 horas, com Operários do PalcoLocal: Teatro Juca Chaves - rua João Cachoeira, 899 - 2º piso do Extra ItaimFone: : 11 5641-4491/ 9694-3684/ 3073-0044Preço Especial para grupos e para sócios do Clube Amigos da Boa Nova.www.operariosdopalco.com.br

Veja no vídeo um convite especial!
video

As colaboradoras do Clube Amigos da Boa Nova!

Ontem, dia 08 de abril, o programa "Entre Amigos", comandado por Luiz Saegusa, recebeu a ilustre visita das colaboradoras do Clube Amigos da Boa Nova. São elas que atendem ao telefone quando as pessoas ligam para se tornar sócias. Entre muitos assuntos, elas comentaram da importância de se associar ao Clube, na corrente que formamos pela Divulgação da Doutrina Espírita e a necessidade do trabalho da Rádio Boa nova, que faz chegar aos lares, hospitais, escritórios, a mensagem necessária para cada um de nós!

Para ficar sócio do Clube Amigos da Boa Nova e falar com as meninas, ligue para 0800 12 18 38!
Vamos espalhar o Espiritismo para o mundo inteiro!
O programa "Entre Amigos", vai ao ar todas as quartas-feiras, às 10 horas da manhã.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Extra, Extra: O estúdio inteiro dança!

Pois é, pessoal! A fama de bailarino é do Geraldo Roberto, mas acontece que hoje, dia 07 de abril de 2009, todo mundo caiu na farra, inclusive a paciente das Casas André Luiz Andréia e seu acompanhante Douglas.

Veja com seus próprios olhos - Assista o vídeo!
video

Sorria, você está sendo curado ! ! !

Quantas vezes você sorri por dia? Quantas vezes você dá aquela gargalhada deliciosa que lava até a alma? Rir já é recomendado pelos cardiologistas de todo o mundo! Quando nós rimos oxigenamos o nosso cérebro e exercitamos todos os músculos faciais e vários músculos abdominais. O efeito anestésico que o riso provoca pode aumentar e fortalecer o sistema imunológico acelerando assim a recuperação de pessoas doentes em várias áreas.

A proposta é que você dê risada 12 minutos por dia!

Saiba mais benefícios que a risada pode ocasionar:

Coração: Acelera o ritmo e melhora a circulação;
Pulmões: Elimina dióxido de carbono;
Abdominais: funciona como massagem interior e facilita a digestão;
Sistema imunológico: os hormônios do stress baixam.

Sorria sempre. Sorria pra vida, sorria da vida. Levou um tombo? Balance a cabeça e sorria de si mesmo. Perdeu alguém? Sorria dos momentos bons que viveu com essa pessoa. Está com muitos desafios? Sorria pra Deus pela dádiva da oportunidade do crescimento espiritual!

Sorria! Sorria! Sorria... e você estará sendo curado!



segunda-feira, 6 de abril de 2009

Zé Fidelis: o inimigo nº 01 da tristeza !

U Pão D'Açúcre
Zé Fidélis

"A única vivida qui póde ser chamada de fina é u chôpe, purque é a única qui usa cularinho!"Antarctica

Logo au chigar lá nu Rio,Comu todo vom turista,
Fui bêre u tal Pâo D'Açúcre,
Qui já di longe si abista.
Andei a pé um vucado,
Prá chigáre ondi ele istaba,
U vichinho é mesmu grande.
É um pão qui não mais si acaba.
I prá tirar minha dúbida
Si é mesmu di açúcre u tale,
Chigãi-me prá pérto i dãi-lhe
Uma dentada infernále! Papagaio!
aquilo é duro! É di pedra u raio du monte...
Arreventei cinco dentes,
Dois pibôtes i uma ponte!

Zé Fidélis (Gino Cortopassi) se apresentava como o "inimigo número um da tristeza", com seu humor ingênuo, que se apoiava seja nas paródias de músicas de sucesso, seja no "nonsense" de transmissões radiofônicas em que irradiava um enterro com a entonação e o ritmo de um locutor esportivo, seja nas "piadas de português" e outras imitações. Desde sua estréia no programa "Cascatinha do Genaro", de João Batista de Almeida, na década de 30, Gino ganhou nova identidade que o tornaria conhecido graças ao rádio e, depois, ao disco durante três décadas: Zé Fidélis. Um sucesso que o levaria a apresentações como "one-man-show" em palcos famosos como o do Cassino da Urca ou do antológico Quitandinha. Apesar de elogiado por Sérgio Rabello, Ari Toledo e Manézinho Araújo e de ser amigo de Osvaldo Molles e Lauro Borges, grandes nomes do humor nacional, o autor, nascido em 1910, terminou seus dias numa clínica de repouso em São Paulo. Alguns de seus livros publicados: "História do mundo", "Binho, mulata e vacalhau", "Teatro maluco", Meningite aguda", "Lira arreventada", "Sarravulho", "Muito sangue e pouca areia", "Bérsos a Gasugênio", "A ópera pela tripa" e "Seleção Canalhinha", editada por Folco Masucci - São Paulo, 1968, pág. 100, de onde extraímos os versos acima

sexta-feira, 3 de abril de 2009

7º Encontro Amigos da Boa Nova

Olá, Amigos da Boa Nova! Vamos recapitular algumas informações referente ao 7º Encontro Amigos da Boa Nova:

O evento será dia 26 de abril e vai acontecer na cidade de Guarulhos, no Espaço Prysma eventos que fica na rua João Cavallari, Km 225 da Via Dutra, sentido Rio de Janeiro do lado oposto do Internacional Shopping.

O evento terá início às 09 horas da manhã, mas na verdade, ele começa muito antes, quando ouvintes que chegam cedo vão se reunindo em forma de fila para entrar organizadamente. A nossa festa já começa desde este momento. Como sempre, temos a previsão de que o 7º Encontro Amigos da Boa Nova termine às 18 horas.

Adão Nonato vai falar sobre Jesus, teremos apresentações musicais como o grupo Vozes Eternas, Paula Zamp, o contratenos Dannilu e muitos outros. Manoel Bolonha também estará presente apresentando novos talentos: comunicadores vão revelar que cantam e encantam, recitam poesias e que também agitam o pessoal! Nós estamos só na expectativa para comprovar!

Por falar em expectativa, também esperamos com ansiedade pelo minisseminário que será realizado por Divaldo Franco.

Além desses itens que citamos e acima de todas as coisas bacanas que acontecerão, o mais importante é poder reunir a maior parte de ouvintes, que juntos acreditam no mesmo ideal: a Divulgação da Doutrina Espírita, pensando sempre no próximo, pois a Doutrina consola e liberta e só é feliz quem é livre, e só é livre que assume compromissos!

Então já temos este compromisso dia 26 de abril, ok?!?!

Para adquirir o seu convite e camiseta ligue para 11 2458-3214 ou acesse o site http://www.radioboanova.com.br/

Saiba também quais os locais que já estão vendendo os convites e camisetas:

Rádio Boa Nova
Av. André Luiz, 723 – Picanço - Guarulhos, SP
F.: 11 2457-7000

Rádio Boa Nova Sorocaba
Rua Santa Clara, 133 – Centro – Sorocaba
Fone.: 15 3232-6205

Instituto Evoluir
Rua Fernandez Pinho, 295
Tatuapé/ SP
Fone.: 11 2942-0149

Arautos
Rua Fernandez Pinho, 295
Tatuapé/ SP
Fone: 11 2294-0485

Centro Espírita Francisco de Assis
Rua Miguel Lillo, 131 – Vila Cisper/ SP
Fone: 11 2541-2094

Livrarias Mundo Maior
Santana – Duarte de Azevedo, 691 – Santana/ SP – F.: 11 2973-6579
Vila Galvão – Vicente Melro, 878 – V.Galvão/Guarulhos - F.: 11 2452-5976

Creche Amélia Rodrigues
Rua Silveiras, 17
Vila Guiomar - Santo André/ SP
Fone.: 3186-9788/ 3186-9766

Você mora em outra cidade? Conheça as nossas caravanas:

CARAVANA DA ROSELI
Saída: Parada de Taipas, passará na Vila Cachoeirinha e pra finalizar em Santana
Fone.: 4448-4440 ou 9451-8508
Falar com Roseli

CARAVANA DA LOURDES
Saída às 07H30: Vila Progresso/ Itaquera
passando pela Nordestina e Praça do Forró em São Miguel
Telefone para contato: 11 2053-6624

CARAVANA CHICO XAVIER
Saída de Sorocaba
Com Sônia: 2104-9704/ 9711-6506

CARAVANA FRATERNIDADE ESPÍRITA À CAMINHO DA LUZ
Vila Talarico/ SP
Com Sr. Pedro: 11 2741-1727

CARAVANA DA CLEIDE
SAIRÁ DA CIDADE DE OSASCO
FONE: 3904-1184


Veja fotos do último encontro (6º Encontro Amigos da Boa Nova)









quinta-feira, 2 de abril de 2009

Chico Xavier: veja o vídeo!

Hoje, dia 02 de abril de 2009, Rubens Germinhasi falou um pouco sobre Chico Xavier no programa Boa Manhã que vai ao ar às quintas-feiras, 10 horas, com apresentação de Alexandre Anselmo. Veja um trecho deste bate papo...
video

Chico Xavier: Uma história de amor!

Hoje, dia 02 de abril, Chico Xavier estaria completando 99 anos de idade. Mas o que podemos dizer deste Homem, que conseguiu tornar-se em 92 anos de vida, uma unanimidade nacional, acima de qualquer religião? Ao falecer em 2002, a poucos dias de completar 75 anos de trabalho mediúnico ininterrupto, Chico Xavier havia psicografado mais de 400 obras de aproximadamente 600 autores espirituais.Chico Xavier nasceu em Pedro Leopoldo, Minas Gerais (veja foto de sua casa, acima).
Sua mãe, Maria João de Deus, desencarnou quando ele ainda era um menino e ele, aos 5 anos de idade foi morar com sua madrinha que o maltratava muito. O pequeno Chico já ouvia e falava com diversos Espíritos, e o Espírito de sua mãe o consolava; "Tenha paciência, meu filho! Você precisa crescer forte para o trabalho e quem não sofre, não aprende a lutar."Aos 10 anos, Chico encontra a sua primeira ocupação profissional, como tecelão, ao mesmo tempo em que se livrava da incompreensão do pai, que muitas vezes pensara em interná-lo num hospital psiquiátrico. Ele começava a trabalhar às 15 horas até 01 da madrugada. Descansava até 06 da manhã e ia estudar...

Sua vida escolar, que foi reiniciada quando retornou à convivência familiar, foi recheada de acontecimentos que tinham como foco os espíritos que apareciam só a ele. Isso chegou a causar-lhe certo embaraço, pois eram-lhe transmitidos textos e idéias que estavam além do que um menino de doze anos poderia entender e colocar no papel, gerando um clima de desconfiança ao seu redor.
O trabalho mediúnico de Chico Xavier, que se destacava desde os 17 anos de idade, recebeu impacto em 1931 de um encontro espiritual formidável e fundamental para o futuro da Doutrina Espírita no Brasil e no mundo. Este Espírito que se apresentou ao Chico pergunta para ele: - “Você está realmente disposto a trabalhar na mediunidade com Jesus?” No encontro com Emmanuel, o Espírito diz que para seguir este serviço, Chico Xavier deveria seguir três pontos. O primeiro ponto era disciplina, o segundo ponto era disciplina e o terceiro também era disciplina. E Chico aceitou sua condição! Chico resumiu certa vez, “que desde que Emmanuel assumiu o comando de suas faculdades, tudo ficou mais claro e firme!”

PASSAGENS INTERESSANTES
Certa vez, para auxiliar um cego que tinha sofrido uma queda, precisou da colaboração de 2 prostitutas, que depois mudaram de vida em virtude de suas preces;

Relata o episódio do avião, que em pleno vôo começou a fazer peripécias no espaço e, ele como os demais tripulantes, começaram a gritar no que Emmanuel retruca: "Se tiver de morrer, morra com educação;
Sua vizinha roubava-lhe as verduras. Pede auxílio à sua mãe, já desencarnada. Esta aconselha-o, quando todos saírem, a entregar a chave da casa para a vizinha tomar conta. Conseqüência: acabou o furto.

Na foto, Roberto Carlos com Chico Xavier!
Dica de Leitura: Chico Xavier, Mandato de Amor - da Editora União Espírita